A nomeaçào dos estimulos e a emergéncia de relaçoes de equivalència de posiçào

Ana Cristina Costa Franca, Olavo de Faria Galvao

Resumen


A nomeaçào dos estimulos facilita a emergència de relaçòes equivalentes de posiçào? Para investigar essa questào, tres secundaristas e très universitarios foram submctidos a um procedimento dc pareamento com o modelo para ensinar seis pares associados (3 AB e 3 CB) envolvendo nove posiçòes, seguindo-se teste de equivalència.Esse procedimentofoi repctidc até très vezescom diferentesrclaçòesde posiçào. Nào emergindo equivalència no primeiro teste, solicitava-se ao sujeito que nomeasse os estimulos. antes do treino do scgundo conjunto de relaçòes de posiçào. Depois ensinava-se seis parcs associados de letras gregas c testava-se a furmaçào de equivalència. Um microcomputador apresentava os estimulos e regtstravaos dados. Ao fina! solicitou-se aos sujeitos para justificar suas respostas. Um sujeito demonstrou equivalència de posiçào apòs o teste de nomeaçào, outro sujeito na primeira configuraçào, antes da solicitaçào de nomeaçào. Quatro sujeitos escolhiam comparaçòes cuja rclaçào ao modolo diferia da relaçào de equivalència de posiçào, mesmo apòs a nomeaçào. Destes. très nào demonstrararn equivalència com letras gregas. Os sujeitos que demonstraram equivalència de posiçào justificaram de acordo com a formaçào de classes, os outros usaram urna «logica de inversào» Oli disseram que rcspondiam apenas para dar conunuidadc ao experirnento. A nomeaçào parece nào ter facilitado a emergència das relaçoes. pelo menos para quatro dos cinco sujeitos que utilizaram nomeaçào. O uso do procedimento «complexo-para-simples», a nào repetiçào de testes. O ofeito da extinçàonos testes.o tipo de nomcaçàc utilizada e a possivel nàoccndicionalidadedasdiscrirninaçòes de posiçào sào fatores considerados na analise dos resultados. Outros experimentos sào propostos para estabelecer as condiçòes para a emcrgència de relaçòes de equivalència de posiçào.

 


Palabras clave


equivalència; posiçào; nomeaçào; adultos.

Texto completo:

PDF