ENSINO DE EPIDEMIOLOGIA PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AMBIENTAL: O PORTFÓLIO COMO FERRAMENTA DE AVALIAÇÃO

Paula Dias Bevilacqua, Marisa Barletto, Cristian Ferreira de Souza, Cristiane Magalhães de Melo, Rafael Kopschitz Xavier Bastos

Resumen


No primeiro semestre de 2010, foi proposto aos/as estudantes matriculados na disciplina Epidemiologia Aplicada ao Saneamento Ambiental (37 estudantes), oferecida para o curso de Engenharia Ambiental da UFV, a elaboração de um portfólio como forma complementar de avaliação da aprendizagem. Os portfólios foram avaliados pela professora e pelos estagiários/as em ensino no meio e ao final do período letivo. De forma geral, na avaliação final, os grupos de estudantes apresentaram portfólios bem elaborados; contudo, na avaliação processual, percebeu-se que poucos tinham avançado na elaboração, ou seja, a dedicação ao portfólio se deu mais ao final da disciplina. Para alguns, o portfólio acabou sendo ‘mais um’ trabalho das várias disciplinas cursadas no período. Na avaliação do portfólio pelos/as estudantes, a maioria indicou ser um instrumento ‘diferente’, ‘válido’, ‘inovador’, contudo ‘trabalhoso’ e de ‘difícil execução’, pois, como foi feito em grupo, demandou reuniões de seus integrantes, o que não é fácil de ser coordenado devido aos vários encargos didáticos do período letivo. Apesar das dificuldades, a experiência demonstrou a aplicabilidade do portfólio ao conteúdo específico da disciplina, devendo ser aprimorado para que se torne um instrumento mais efetivo e viável de ensino-aprendizagem.

Palavras chave: currículo, ensino-aprendizagem, formação, metodologias ativas.


Palabras clave


currículo, ensino-aprendizagem, formação, metodologias ativas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2013.6.2.41077