QUANTIFICAÇÃO DOS PARÂMETROS FÍSICOQUÍMICOS DOS EFLUENTES ORIUNDOS DA PURIFICAÇÃO DO BIODIESEL DE ÓLEO VEGETAL E GORDURA ANIMAL

Fernando Pedro Dias, Ana Vivian Parente Rocha Martins, Alexandre Colzi Lopes, Ronaldo Ferreira do Nascimento, Ronaldo Stefanutti, Erika Almeida Sampaio Braga

Resumen


Os biocombustíveis representam um potencial para diminuir os impactos ambientais, promover a inclusão social, geração de emprego e renda, diversificar a matriz energética, impulsionar o agronegócio, entre outros aproveitamentos. No entanto, a minimização dos impactos ambientais relativos à produção do biodiesel é uma necessidade real para não ofuscar os benefícios já citados. O trabalho teve como objetivo produzir o biodiesel com diversas oleaginosas e submetê-los a lavagem úmida com água destilada, avaliar e quantificar os contaminantes nos efluentes oriundos da purificação dos biodieseis e determinar os parâmetros físico-químicos dos efluentes. Observou-se que os efluentes pesquisados apresentaram valores elevados para os parâmetros analisados se comparados aos padrões de lançamento estabelecidos pela legislação ambiental do Brasil. As águas de lavagem de todas as matérias primas investigadas apresentaram valores de Demanda Química de Oxigênio (DQO) bastantes elevados com diminuição nas lavagens subsequentes. Para os parâmetros pH e turbidez também se observou uma redução significativa dos valores nos efluentes da primeira para segunda e terceira lavagens em todas as matérias primas utilizadas.


Palavras-chave: Biodiesel, efluente, legislação ambiental, purificação.


Palabras clave


Biodiesel, efluente, legislação ambiental, purificação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2014.7.1.46776