APLICAÇÃO DE REAGENTE DE FENTON E ESTUDO DAS VARIÁVEIS INTERVENIÊNTES NA DEGRADAÇÃO DO 2,4,6 -TRICLOROFENOL.

Eliane Pereira dos Santos, Mariele Fioreze, Magdielli Schweickardt

Resumen


Os fenóis policlorados ou clorofenóis pertencem à classe mais importante de contaminantes ambientais, devido ao largo emprego destes na indústria, agricultura e ambiente doméstico por mais de 50 anos. Estudos demonstram que estas substâncias são tóxicas a baixas concentrações, além de persistentes no meio ambiente. Neste trabalho foi avaliada a eficiência de degradação e a influência das variáveis pH, temperatura, concentração de peróxido de hidrogênio, concentração de sulfato de ferro e tempo de reação na degradação do 2,4,6-Triclorofenol submetido ao reagente de Fenton. Ao todo, foram aplicados 18 tratamentos distintos, a fim de determinar as melhores configurações operacionais para aplicação do reagente de Fenton. O reagente de Fenton demonstrou eficiência para a degradação da espécie clorofenólica 2,4,6-Triclorofenol, alcançando a degradação máxima de 73.2% em apenas 20 minutos de reação. Em relação às variáveis, as melhores condições operacionais encontradas foram: pH 5, temperatura de 20 °C, concentração de H2O2 de 0.12%, concentração de FeSO4 de 0.05 mol/L, com tempo máximo de reação de 20 minutos. O reagente de Fenton se mostrou bastante dependente das variáveis estudadas, sendo a velocidade das reações afetada diretamente por cada uma delas.


Palabras clave


águas residuárias, clorofenóis, processos oxidativos avançados.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2016.9.2.52611