A INFLUÊNCIA DOS COEFICIENTES DE DESCARGA DE ORIFÍCIOS AFOGADOS NO DIMENSIONAMENTO DOS FLOCULADORES DE BANDEJAS PERFURADAS EM ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUA

Lucas Vassalle de Castro, Marcos Rocha Vianna, Camila de Oliveira Ribeiro, Lara Silva Altair

Resumen


Neste trabalho, foram ensaiados orifícios afogados, com diâmetros variando entre 8 e 22 mm em laboratório, com o objetivo de determinar seus coeficientes de descarga ao trabalharem com vazões correspondentes a números de Reynolds não superiores a 16000. Justifica a escolha destes diâmetros devido o fato de serem diâmetros comumente encontrados em estações de tratamento de água. Trata-se de diâmetros e condições aplicáveis a floculadores do tipo hidráulico, de bandejas perfuradas, utilizados em estações de tratamento de água pré-fabricadas, destinadas a tratarem pequenas vazões. Concomitantemente, com o intuito de comparar os valores verificados em laboratório com valores ocorridos em situações reais, foram aferidos dados de uma estação de tratamento de água com capacidade nominal de 5,0 L/s situada na região metropolitana de Belo Horizonte - MG. Os dados aferidos foram compilados e foi realizado um confrontamento das informações obtidas tanto em laboratório quanto em campo, com a literatura - que normalmente indica o valor de 0.61 para os coeficientes de descarga – e com outros estudos. Os resultados obtidos mostram que o valor 0.61 não se aplica a essa faixa de diâmetros, quando operando nas condições ensaiadas.


Palabras clave


coeficiente de descarga, estação de tratamento de água, floculador, orifícios.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2018.11.1.56574