EFEITOS DA ADIÇÃO DE CEPAS BACTERIANAS LIOFILIZADAS NA COMPOSTAGEM DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS

Mariele Fioreze, Alexandre Couto Rodrigues, Keila Fernanda Soares Hedlund, Francéllwika Catharine Gomes de Azevedo, Tainara Casa Nova Silva, Clovis Orlando Da Ros

Resumen


A crescente geração de resíduos sólidos é um dos grandes problemas enfrentados pela sociedade moderna. Nesse quesito, a compostagem se apresenta como alternativas para o tratamento da fração úmida dos resíduos urbanos. O objetivo desse trabalho foi avaliar os efeitos da adição de cepas bacterianas na compostagem da fração úmida de resíduos sólidos urbanos. As leiras de compostagem foram construídas a partir de camadas alternadas de serragem de madeira não tratada, resíduos orgânicos e palhas secas das culturas de soja e de milho. Foram testados dois tratamentos, com a adição e sem a adição de cepas bacterianas liofilizadas entre as camadas de resíduos orgânicos. A mistura comercial de cepas bacterianas utilizada era composta por Bacillus subtilis, Bacillus licheniformis e Bacillus polymyxa em forma de esporos, sendo a aplicação realizada através de pulverização manual de alta pressão. A adição das cepas bacterianas liofilizadas reduziu o tempo necessário para a maturação da compostagem e possibilitou a eliminação de Escherichia coli do composto final, porém não foi eficiente para a redução de massa seca. Em termos de nutrientes no composto final, não houve diferença estatística entre os dois tratamentos empregados.


Palabras clave


bioaumentação, resíduos domésticos, resíduos orgânicos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2018.11.1.57448