CARACTERIZAÇÃO FÍSICA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES DO MUNICÍPIO DE ROLIM DE MOURA - RONDÔNIA - BRASIL

Douglas Linz Ricardo, Margarita María Dueñas Orozco

Resumen


No Brasil, a taxa de geração de resíduos sólidos urbanos é maior que a taxa de crescimento populacional, sendo que a disposição de quase metade dos resíduos ainda se faz de maneira inadequada. Nos pequenos municípios do país a realidade não é diferente, porém dados técnicos relativos às características dos resíduos produzidos são escassos, dificultando assim seu conhecimento e a escolha de alternativas eficazes de gerenciamento. Dessa maneira, o presente trabalho teve como objetivo determinar as principais características físicas dos resíduos sólidos domiciliares gerados no município de Rolim de Moura - Rondônia - Brasil, no ano de 2014, sendo elas: geração per capita, densidade, composição gravimétrica e teor de umidade. O cálculo da geração per capita dos resíduos se deu através da determinação da geração semanal, obtida por meio de campanhas de pesagem realizadas no município. A densidade, a composição gravimétrica e o teor de umidade foram determinados a partir de amostras representativas dos resíduos coletados nas rotas dos bairros Centro, Jardim Tropical e São Cristóvão. Os resíduos sólidos domiciliares apresentaram uma geração per capita média de 0.607 kg.hab-1.dia-1, uma densidade média de 143.26 kg.m-3, um teor de umidade de 51.7% e uma composição formada por: 44.9% de material orgânico, 38.7% de materiais passíveis de reciclagem e 16.4% de outros tipos de materiais. Os resultados obtidos por este estudo podem contribuir significativamente para que os órgãos municipais responsáveis pela gestão dos resíduos sólidos urbanos adotem estratégias e ações eficientes.


Palabras clave


densidade, composição gravimétrica, geração per capita, teor de umidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2018.11.3.58252